Danilo Te Ajuda Experiências: Rafaela Rivera e 1 mês de Irlanda

Tempo de leitura: 5 minutos

Sei que andei meio sumido ultimamente, mas to de volta e com uma novidade! Percebi que uma das coisas que mais prendem um futuro intercambista é o medo de não saber o que lhe espera. Por isso, criei o Danilo Te Ajuda Experiências, onde vou convidar alguns dos meus alunos para compartilhar com vocês o que eles viveram e vivem durante o seu intercâmbio.

Acredito fortemente que está seja uma grande ajuda para pessoas que já possuem o desejo de fazer intercâmbio, mas ainda tem um receio sobre o país de destino, seja lá pelo frio, calor, recepção e etc.

Leia também: Meu estágio no Maldron Hotel

A convidada de hoje foi a Rafaela Rivera, uma mocinha simpática e cheia de sonhos que decidiu sair por 4 semanas para se aventurar em Dublin, capital Irlandesa.

Danilo Te Ajuda Experiências: Rafaela Rivera

Conheci a Rafa na feira de intercâmbio em São Paulo, logo quando cheguei ao Brasil. Depois de uma longa conversa no stand da SEDA, e uma visita no escritório da escola em São Paulo, a Rafa só precisou esperar o verão Irlandês bater na porta para embarcar.

E olha o que ela achou da experiência que viveu no país:

• Como tudo começou, Rafa? 

“Tudo começou quando um professor da minha faculdade me indicou a feira de intercâmbio que estava acontecendo em São Paulo. Foi lá que conheci o Danilo, que me explicou tudo sobre a Irlanda e a SEDA, escola onde estudei em Dublin. Na semana seguinte, meus pais e eu fechamos o contrato e foi aí que tudo começou.

• Quando você embarcou? 

“Meu embarque foi final de Junho. Fiz uma pequena conexão em Amsterdã para depois chegar ao destino final, Dublin.”

(Só explicando essa parte rapidinho, não existem vôos diretos do Brasil para Dublin e por isso, a Rafa precisou fazer a escala.)

• Tinha alguém te esperando no aeroporto? E na acomodação, qual foi a primeira impressão?

“Um representante da escola estava me esperando no aeroporto para me levar para a acomodação estudantil que ficava em Dublin 7, bem próximo da escola. Quando cheguei na acomodação me surpreendi porque tive contato com várias nacionalidades: Espanha, Itália, Brasil e USA. Dividi quarto com a Kennedy, uma menina norte americana que de primeira já nos tornamos amigas.”

• E como foi o primeiro dia de aula? A escola fez nivelamento? Você teve contato com outras nacionalidades na SEDA também? 

“Na sexta-feira da mesma semana já era o meu Induction Day, onde iria conhecer a escola, saber em qual sala e turno iria ficar e fazer um tour pela cidade. Aí tive contato com mais nacionalidades sim, conheci alunos do: México, Panamá, Chile, Argentina, Japão e Taiwan.

Na segunda já começavam as minhas aulas. Minha aula começava às 13:00 terminava às 16:10 porém eu ficava na escola até às 18:00. Eram duas professoras, a primeira era Irlandesa (Emma) e a segunda Polonesa (Paulina).”

(Tive aulas com a Paulina também, melhor teacher.)

• Se as suas aulas iam somente até às 16:10 por que você ficava na escola até às 18:00? 

“Na SEDA, além das aulas normais você também tem atividades extra classe gratuitas como: pronúncia, gramática, conversação, entre outras. Por isso, eu acabava ficando por mais tempo na escola.”

• Legal, Rafa!!! E fora da escola, como era a sua rotina?

“Durante a semana eu tinha uma rotina na qual acordava, tomava café, estudava, fazia o almoço e ia para a escola. Depois da aula costumava ir ao centro, algum dos infinitos parques como Stephen’s Green, Marrion Square, Museu de Arte Moderna e pubs.

Danilo Te Ajuda Experiências: Rafaela Rivera

Nos finais de semana fazíamos viagens onde consegui explorar muito bem a Irlanda. Conheci Howth, Os Cliffs of Moher, Galway, Wicklow, Lago Guinness, Powerscourt Garden, Bray, Malahide, Irlanda do Norte, Belfast, Museu do Titanic e cenários do Game of Thrones. Ah, também vi os deers (veadinhos) no Phoenix Park que são super fofinhos e mansinhos, além disso visitei o National Botanic Garden, que, caminhando da minha acomodação, era uns 15 minutos.”

(Ufa, você realmente explorou o país hehehe.)

• E como foi a convivência com o pessoal da sua acomodação? 

“Na minha acomodação a convivência era a melhor possível! Fizemos duas festas, a primeira foi o aniversário de uma das meninas espanhola, onde cada um fez algum prato típico. Kennedy fez Mac N’ Cheese (prato típico nos EUA), Pri fez patacones (prato típico do Panamá) e as espanholas fizeram tortilla (prato típico da Espanha). Eu e minhas amigas brasileiras preparamos brigadeiros e torta de presunto e queijo.”

 • E para finalizar. Rafa, o que foi o intercâmbio para você? 

“Quando fui para a Irlanda tinha apenas em mente melhorar o inglês e conhecer alguns lugares. Mas na Irlanda descobri que o intercâmbio vai além da sala de aula, ele te coloca em situações de aprendizado como ser humano, te deixando muito mais forte.

Quando saí de casa, tinha medo de não me adaptar e de ficar sozinha, mas pelo contrario, fiz amigos de 14 nacionalidades que estarão sempre comigo, mesmo longe a amizade não acabou. Só consigo agradecer a Deus por ter sido generoso, minha família por ter acreditado em mim, Seda College por ser uma escola de segurança e excelente suporte e a Ilha Esmeralda por ter me recebido tão bem. Thanks Ireland!”

Danilo Te Ajuda Experiências: Rafaela Rivera


Muito obrigado, Rafa. São alunos como você que nos fazem grande!

E você, gostou da experiência da Rafaela? Ficou alguma dúvida que gostaria de perguntar diretamente para a Rafa? Deixe aqui nos comentários, que ela irá te responder!

E se você está pensando em viver uma experiência de intercâmbio na Irlanda assim como ela, já sabe o que fazer. Mas se não sabe, vou te falar novamente: é só mandar um e-mail para: [email protected] e logo, logo, entro em contato com você.

Cheers!!!